Quer falar connosco?Clique aqui

Tenha acesso a novidades e informações exclusivas

BLOG

Marketing e Vendas - uma relação equilibrada para o sucesso

31 de Março de 2016
por Pedro Ruivo
imported

Marketing e Vendas - uma relação equilibrada para o sucesso

Quando foi a última vez que reveu o seu processo de vendas? Mesmo que os resultados das suas vendas sejam positivos, não os deixe estagnar! Veja as nossas sugestões para começar já a evoluir os seus resultados.

Aos nossos leitores que preferem ler, deixamos aqui o conteúdo:

Hoje trazemos até si a solução que implementamos num dos nossos clientes sobre a relação entre o marketing e as vendas na empresa. Como está este relacionamento na sua empresa: perfeito, equilibrado ou esta balança está a inclinar mais para um dos lados?

Nós acreditamos que o marketing e as vendas são duas áreas essenciais no mundo dos negócios, que têm de ter uma ligação equilibrada e consciente para conseguirmos alcançar bons resultados em vendas. Apresentamos-lhe 3 perguntas que deve fazer em relação à sua empresa para equilibrar estas duas áreas:

  1. Quem é a nossa empresa?
  2. Como é que queremos que a nossa empresa seja reconhecida pelos clientes?
  3. Quem são os nossos clientes?

Esta 3ª pergunta vem no seguimento do reconhecimento que queremos ter junto dos nossos clientes. É essencial dividir os nossos clientes em grupos de acordo com as suas necessidades e características. Desta forma, entendemos qual o posicionamento que temos juntos de cada grupo de clientes e adequamos as nossas soluções às suas necessidades, tal como as ações que realizamos junto de cada um destes grupos.

Isto leva-nos a pensar no marketing e questionarmo-nos sobre a forma como estamos a comunicar para atrair os potenciais clientes com cada um desses grupos. Listemos cada ação que praticamos com cada um desses grupos, sejam ações online ou offline.

> Ações Online: investimento no site, blog, redes sociais, adwords, email marketing, entre outras.

> Ações Offline: presença em feiras, investimento em mailing CTT, agendamento de reuniões com os clientes, entre outras.

Após fazermos esta lista devemos indicar, até à data, quais as ações que concretizamos para cada grupo de clientes, o investimento realizado, tanto financeiro como de recursos humanos e de tempo, e o resultado que obtivemos em cada uma dessas ações. Esta lista vai-nos permitir ver o panorama geral do nosso marketing e o resultado nas vendas, verificando onde os investimentos têm resultados positivos e onde precisamos de tomar medidas porque os resultados não estão a ser tão produtivos.

Depois desta análise, devemos analisar a nossa equipa comercial porque esta é que recebe os contactos dos potenciais clientes interessados nos nossos serviços e produtos. Com os grupos de clientes que criamos, precisamos de criar um método de aproximação, um de relacionamento e um de fecho de negócio para cada segmento que explique o passo-a-passo para sermos mais eficazes em cada etapa.

Este processo que trabalhamos no nosso cliente foi bastante interessante, bastante estratégico e que durou algum tempo a ser concebido mas foi um investimento essencial. Conseguimos que o nosso cliente relacionasse a sua área de marketing com a das vendas e que criasse uma base estrutural forte que melhora os resultados ação a ação.

Convido-o a parar, a analisar o marketing e as vendas da sua empresa e a evoluir os seus resultados. Se quiser a nossa ajuda na implementação deste processo, entre em contacto connosco clicando aqui.

Desejamos-lhe um mês de Abril com evoluções! Pedro Ruivo

0 comentários