Como comunicar ainda melhor o seu produto (Parte I)

Ter um produto na sua loja ou nos vários distribuidores não é sinónimo de vendas. A ideia de que um produto revolucionário fala por si é um tanto ao quanto errada. A Coca-cola é o melhor exemplo disso mesmo. Todos sabem que ela existe, grande parte das pessoas já experimentou a Coca-cola e mesmo assim a marca continua a comunicá-la no mercado. Qual será o motivo? Estarão as vendas a subir cada vez que eles renovam o anúncio publicitário? Duvido.

O que faz a Coca-cola é apenas um relembrar que ela existe. De nada adianta saber da sua existência se o produto não está a criar a necessidade naquele momento. E é isso mesmo que a Coca-cola faz. Mas se a marca norte-americana, mesmo sendo tão conhecida, necessita de comunicar um produto, o que dizer de um produto “comum”? A resposta é muito simples: A comunicação necessita de ser ainda mais eficaz! Vejamos alguns passos que podem ser seguidos para comunicar bem a venda do produto.

Crie um conceito

Como referimos neste artigo, o produto não vende por si só. Ele necessita de espalhar um conceito, de satisfazer uma necessidade. Vejamos a Apple. Ela é sinónimo de organização, velocidade e fidelidade. Os seus produtos têm menos problemas do que os da concorrência e acima de tudo são mais simples. E eles espalham essa mensagem em TODAS as publicidades e campanhas. Eles criaram um conceito à sua volta. E você, qual o conceito do seu produto?

Domine o funil de vendas

O funil de vendas é todo o processo que os clientes percorrem, por norma, até comprarem um produto. Agora eu pergunto: você sabe qual é o seu funil de vendas? Para isso é necessário entender:

  • Como o cliente está a ter conhecimento do seu produto
  • Qual o benefício que está a ser vendido
  • Dos que têm conhecimento que ele existe, quantos efetivamente compram?
  • Quais são as idades das pessoas que compram?
  • Quantas pessoas está a perder em todo este processo?

Trabalhe bem os canais de distribuição

Os canais de distribuição são determinantes pois são eles que vão fazer a ponte entre o seu produto e o futuro comprador. Entregar o produto a canais de distribuição e esperar que eles façam o trabalho deles não é uma boa política. Certifique-se de que o trabalho está a ser bem feito mas acima de tudo saiba o modo como eles estão a trabalhar.

Otimize os resultados de todos os três pontos que falei anteriormente. Num próximo artigo exploraremos outros conceitos de comunicação e daremos ainda mais dicas de como pode comunicar melhor o seu produto.

Abraço e até já!