Já escolheu a sua equipa de vendas para o Mundial em junho?

Jun 4, 2014

Durante as últimas semanas, um dos temas mais comentados em todos os meios de comunicação foram os jogadores selecionados para jogarem o Mundial de Futebol, que vai acontecer no Brasil.

Foi muito interessante verificar como os líderes das equipas geriam as suas escolhas. Nunca é fácil escolher alguém em detrimento de outro, especialmente quando estamos a falar de um evento que acontece de quatro em quatro anos.

Para muitos, esta era a última oportunidade de participarem numa competição como esta. A última oportunidade de toda a sua vida! Dá para sentir o peso de uma decisão como esta? Estamos a falar da carreira de um profissional, de uma pessoa…

São desafios semelhantes a estes que um líder de uma empresa tem de enfrentar diariamente. Independentemente de gostar de futebol ou não, convido-o a refletir um pouco sobre este tema durante as próximas linhas.

Na Sucesso em Vendas acreditamos que é possível aprender muito com o desporto e esta ocasião não é exceção.

As escolhas são difíceis, mas alguém tem de fazê-las

A primeira lição transmitida pelos selecionadores do Mundial de Futebol está relacionada com a tomada de decisão. Por mais difícil que seja a decisão de deixar um jogador de fora ou inclui-lo no grupo, alguém tem de fazê-lo. E esse alguém é o líder da equipa. Alguns selecionadores foram obrigados a deixar de lado jogadores de renome, apenas porque estes não eram a melhor escolha naquele momento. E isso leva-nos ao segundo ponto…

O passado é importante, mas o presente é que conta

Seria injusto afirmar que o passado não condiciona a escolha de um vendedor ou neste caso, de um atleta. Um profissional que tenha conseguido bons resultados no passado merece o respeito e a admiração de qualquer líder. Porém, esse é apenas um fator. Quando o líder faz as suas escolhas, ele deve pensar nas capacidades atuais desse profissional e no que ele pode acrescentar à sua equipa no momento. Decidir integrar alguém na sua equipa apenas pelo seu passado é um erro a evitar.

Jogadores sozinhos vencem jogos. Equipas vencem campeonatos

Uma das maiores preocupações dos técnicos para o Mundial é construírem uma equipa, um grupo sólido. Eles sabem que uma equipa unida e com espírito de sacrifício tende a produzir melhores resultados do que um conjunto de atletas com talento mas pouco determinados.

Conclusão

Escolhas difíceis, foco no presente e construção de uma equipa. Estes são três pilares fundamentais para qualquer líder que pretenda ser bem sucedido, quer seja no desporto ou nas empresas. Agora resta-nos deixar algumas perguntas:

  • Já escolheu a sua equipa ideal para o mês de junho? 
  • Já fez uma análise exaustiva de quem são os 23 que vão acompanhá-lo nesta sua viagem ao aumento de vendas?

Boa semana, 

Equipa

Equipa

Sucesso em Vendas

INTERESSADO EM MELHORAR AS SUAS VENDAS?

Preencha o formulário e a nossa equipa entrará em contacto.

0 Comments