Quer falar connosco?Clique aqui

Tenha acesso a novidades e informações exclusivas

BLOG

Supera-te em 2019

7 de Dezembro de 2018
por Sucesso Vendas Portugal

No final de novembro tive uma noite fantástica, na qual assisti ao documentário Thar-Ua que em tibetano significa “Supera-te”. Achei este documentário e a sua mensagem incrível, e como o fim do ano está quase aí, decidi partilhar convosco os conhecimentos que adquiri e como podemos aplicar em 2019, na nossa vida e enquanto líderes dos nossos negócios.

O documentário leva-nos para a vida de dois dos maiores alpinistas da atualidade, o João Garcia e o Ferran Latorre, que nos falaram dos seus medos, alegrias, paixões e sucessos.

Tanto o João como o Ferran já ascenderam os 14 picos acima dos 8000m sem oxigénio, têm um currículo invejável e cheio de aventuras. Ao ver e ouvir as suas histórias e as vivências apercebi-me que o seu exemplo de força, garra e determinação, a escalar montanhas, pode não só ser aplicada no nosso dia-a-dia como também nos nossos negócios para termos mais Sucesso em Vendas. E são sem dúvida conselhos que nos podem ajudar a evoluir e a alcançar o “Topo”!

Partilho assim, algumas das analogias que nos irão ajudar a alcançar o sucesso em 2019:

Gerir os recursos 80% na subida e 20% na descida- Ao longo do ano, nos nossos negócios, temos que perceber como vamos gerir os nossos recursos. Por exemplo, se tivermos um orçamento para o ano inteiro não podemos gastar logo o dinheiro todo no primeiro semestre, temos que criar uma estratégia, gerir o dinheiro para dar para os dois semestres e aplica-lo da melhor forma. Assim como João Garcia fazia, não podia gastar todos os seus recursos na subida porque depois ainda tinha que voltar à base e esses recursos também iriam ser necessários.

Temos que ter objetivos mínimos- Ter um Objetivo final, algo que queremos alcançar no final de 2019 é o ponto fundamental, contudo, para o conseguirmos concretizar é necessário ter objetivos mínimos, minimetas. Que traduzindo para os negócios é como ter objetivos mensais, semanais e diários. Pensem no exemplo destes alpinistas, quando subiram as montanhas acima dos 8000m, o seu objetivo era chegar ao cume, mas isso demorava o seu tempo, então, eles todos os dias definiam objetivos mínimos e assim conseguiam manter-se focados e motivados para alcançar o seu objetivo final.

Lutar contra adversidades como a dor e o frio- Nos negócios estamos constantemente a encontrar obstáculos, podemos ter tudo planeado, mas às vezes, sem contar aparece um bloqueio no nosso caminho e é necessário conseguir responder e ultrapassa-lo. É como estes alpinistas a subirem as montanhas, nem sempre a meteorologia e o cansaço ajudam, mas se se deixarem vencer por isso não conseguiriam atingir o seu objetivo. Nem sempre é fácil, mas como disse um dos protagonistas do Documentário Thar- Ua disse: “A dor é momentânea, mas atingir o cume é para sempre”. Nós podemos ter muitos imprevistos, mas quando atingimos aquilo a que nos propomos é algo que não se explica, mas fica para sempre.

Mais qualidade e menos quantidade- Não vale a pena ter muitos objetivos e depois não conseguir dar o melhor em todos. À medida que os negócios crescem é muito habitual as empresas começarem a criar 1001 indicadores para acompanhar e desenvolver, o que, por vezes acaba por criar um desfoque sobre a qualidade do trabalho. As pessoas começam a ficar mais focadas na quantidade de visitas, propostas, telefonemas e não na qualidade dessas visitas, propostas e telefonemas… Então, é necessário pensar nos indicadores a melhorar e focar-se nisso.

Nós não controlamos tudo- Assim como os alpinistas não conseguem controlar o tempo, nós não conseguimos controlar o que os nossos clientes pensam ou que a nossa concorrência faz, mas conseguimos controlar o nosso stock e a nossa estratégia. E enquanto líderes de negócios temos de nos forcar nas variáveis que controlamos, estando atento às que não controlamos mas que influenciam os nossos negócios. A pior coisa que pode fazer é focar-se no que não controla.

Para finalizar deixo aqui os quatro fatores críticos que o João Garcia aponta para conseguir subir as 18 maiores montanhas, que considero serem uma lição para nós e para o nosso negócio:

-Não esquecer os erros- Temos que ter cuidado porque a nossa mente esquece rapidamente os nossos erros. João Garcia recorda o que aprendeu com a tragédia que sofreu no Everest e quando voltou às montanhas já não comete os mesmos erros. É o que nós temos de fazer no nosso dia a dia também, não nos deslumbrarmos pelo que conquistámos e esquecer os erros que cometemos.

- O Medo permite tomar decisões mais conscientes- Quanto mais informação temos e quanto mais pesquisa fazemos sobre o nosso mercado e o que este envolve mais medo temos, mas este medo é importante sabia? É sinal que estamos mais informados e conscientes do que se passa à nossa volta. Do mesmo modo que quando subimos uma montanha e nos informamos dos riscos que vamos correr ganhamos medo, mas ele é importante porque é sinal que estamos conscientes dos perigos, e é preciso ver os perigos para tomar melhores decisões.

- Aproveitar as evoluções tecnológicas- Temos que aproveitar o melhor que as evoluções tecnológicas a nosso favor, porque elas nos permitem fazer coisas que antes não eram possíveis, chegar mais longe e rentabilizar o nosso tempo (quando bem utilizadas). João Garcia deu o exemplo do telemóvel por satélite que antigamente era muito grande e que agora é muito mais pequeno o que o permite ter informações muito mais atualizadas e na altura certa.

- Acreditares na tua equipa- É muito importante acreditarmos em quem está ao nosso lado porque são essas pessoas que vão ajudar-nos a alcançar os objetivos, assim como o João Garcia não conseguiria os seus grandes feitos sem ajuda da sua equipa nós enquanto líderes não conseguiríamos alcançar os nossos objetivos sem acreditarmos e confiarmos em quem nos acompanha.

E para si, enquanto líder-treinador quais foram os fatores críticos que o levaram ao sucesso? Pense sobre eles e no que quer aplicar em 2019 para atingir o cume!

 “Sucesso é quando se cruza a oportunidade com a preparação “, nunca se esqueçam de quais são os vossos objetivos e do que vos motiva a querer alcançá-los!

Recomendo verem Thar-Ua,  é super inspirador!

Boa semana com muito Sucesso em Vendas!

 

Pedro Ruivo

CSO - Crazy Sales Officer

pedro.ruivo@sucessoemvendas.pt

Tlm/WhatsApp: 00351 93 114 59 50

0 comentários